Luta indígena e rádio livre no Médio Solimões

Ainda na primeira gestão do presidente Lula, o Ministério dos Transportes, na gestão de Alfredo Nascimento, aprovou a liberação de verbas para a construção de um novo porto para a cidade de Tefé, de 72 mil habitantes, que fica no lago Tefé, próximo ao rio Solimões onde se pretende colocar a obra. Porém, o porto está para ser construído nos limites da área indígena da Barreira da Missão, a apenas 200 metros da primeira de suas 4 aldeias. A população não tinha sido consultada. Temendo-se o impacto e ameaças como alcoolismo, drogas, prostituição, invasão das terras e degradação do meio ambiente, a Associação Cultural dos Povos Indígenas do Médio Solimões e Afluentes (ACPIMSA), a União das Nações Indígenas de Tefé (UNI-Tefé), FUNAI, UEA, IBAMA, IDAM e Marinha procuraram debater com a população e buscar esclarecimentos.

Mia en-Radio Mut-iĝo

Tre feliĉigas min koni Radio Muda pri tio ke ĝi estas libera kaj menstara. Ĉi tiu retpaĝaro havas tekston en Esperanto, kiu interesigis min pri la afero de liberaj radioj, ĉar antaŭe mi sciis tre malmulton ĉirilate. Mi, do, ĝin apogas kaj gratulas pro la spaco dediĉata al esperanto. Ĉi tio ja montras ĝian liberan karakteron. salutojn al mia kara moŝto Rikardo kaj aliaj samideanoj kunlaborantaj en Radio Muta!

Chuva de Mídia Independente

Novo vídeo do CMI-Tefé:
http://www.youtube.com/watch?v=ox7QF08y2pk

Vídeo gravado no dia 11 de agosto, quando aconteceu a apresentação do CMI-Tefé, Rádio Xibé e dos projetos "Mídia e Cidadania", "Olhares de Tefé" (Universidade do Estado do Amazonas - UEA) e "Nova Cartografia Social da Amazônia" (coordenado por Alfredo Wagner da Universidade Federal do Amazonas, e realizada em Tefé pela UEA), todos eles voltados ao fortalecimento da voz, da cultura e do conhecimento popular, na Barreira da Missão, área indígena de Tefé. Após as apresentações e debates, os indígenas aprovaram as parcerias, que agora serão submetidas à aprovação da FUNAI.

Pages